quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O Rei



Ali, parado olhando além do horizonte ele é o rei.
Com sua pele curtida pelo forte sol, vestindo simples trapos, o rei esfarrapado.
Um sorriso desdentado ilumina sua face.
Os pés descalços na quente areia.
A humildade presente em seus gestos e a majestade se escondendo nas rugas da face.
Ele é o rei, o rei do lugar.
A maré vai subindo e o sol se pondo, as pessoas pouco a pouco se retiram, mas ali ele permanece soberano

Ele é o rei, o rei do milho, é o que diz sua camiseta puída. 


(Luíza Gallagher)